DCIM\100GOPRO\GOPR4526.JPG

“Navegar pelo Porto” – foi este o mote que levou a turma do 8.º ano a lançar-se à descoberta, nos passados dias 9 e 10 de janeiro, da chamada “Cidade Invicta”, acompanhada pelos professores Luísa Bolota, João Alves e Carlos Pereira.
Depois de uma viagem de comboio de cerca de 3 horas entre as estações de Santa Apolónia e Campanhã – onde coexistiram muito sono, uma vez que a partida foi às 7h, e bastante animação, visto que a excitação era enorme -, alunos e professores iniciaram, de mochila às costas, o seu périplo pelo Porto.

Casa da Música, Parque e Museu de Serralves (onde puderam conhecer a obra do artista Olafur Eliasson), Castelo do Queijo, Foz do Douro e Avenida dos Aliados (bem como toda a zona envolvente) foram alguns dos pontos por onde os visitantes tiveram a oportunidade de passar no primeiro dia de viagem, antes ainda de se instalarem na Pousada da Juventude, onde pernoitaram. Porém, a verdade é que este longo dia não terminou sem uma visita noturna pelo centro da cidade e sem – naquele que era um momento tão esperado pelos alunos – que tivessem a possibilidade de patinar no gelo, numa pista existente na Praça D. João I, junto ao Teatro Rivoli. Entre algumas quedas e verdadeiros especialistas na arte da patinagem, a animação foi muita e a felicidade era evidente!

No dia seguinte, saindo da Pousada da Juventude bem cedo, alunos e professores puderam descobrir outros monumentos e locais turísticos emblemáticos do Porto, como a Torre dos Clérigos, a Estação de São Bento, a Sé ou a Livraria Lello – que, sem dúvida, encantou os apaixonados pela leitura. Antes do almoço, o grupo teve ainda tempo de descer até à zona da Ribeira através do Funicular dos Guindais, atravessando, depois, a pé a Ponte Luís I para, já em Gaia, almoçar descansadamente. Depois de um magnífico repasto (uma francesinha para a maioria dos participantes!), esta magnífica viagem terminou com uma visita às Caves do Vinho do Porto.

bastudio

Author bastudio

More posts by bastudio

teste